Maní (1)

Share Button

Fomos finalmente conhecer o Maní dos Chefs Helena Rizzo e Daniel Redondo. Detalhe, Helena, eleita a melhor Chef da América Latina 2013 e o Maní  incluído na lista dos 50 Melhores Restaurates do Mundo em 2013. Além de todos os reconhecimentos, o que motivou a visita, foi a indicação do Chef Xavier de Porto Alegre. Chegando ao local, na rua Joaquim Antunes, em Pinheiros, perto da Av. Rebouças, vemos em frente da entrada, uma árvores com maças falsas rodeada de banquinhos de espera.Ao lado fica a casa de eventos, Manioca.

Maní_01_01Maní_01_02

 Após a entrada, vemos um longo corredor com sofá e pequenas banquetas/mesas para os que não fizeram reserva, aguardar a chamada. Este corredor permite ver a cozinha através de pequenas janelas.

Maní_01_03

Após o corredor, temos 3 ambientes, sendo o último o quintal da casa, que permite a entrada do sol. Ficamos em uma das mesas do quintal.

Maní_01_04Maní_01_05Maní_01_16

Durante a análise do cardápio (opção de a La carte e menu degustação) concordamos em experimentar o famoso couvert composto por Lascas de Polvilho e pão de milho quentinho, acompanhado por coalhada seca, queijo de cabra com pimenta rosa e manteiga.

Maní_01_06Maní_01_07

De belisquetes, recebemos os lúdicos e gostosos Pirulitos de parmesão.Maní_01_08

Para entrada, fomos de delicado e saboroso Ovo “Perfecto” cozido a 63 graus durante 1:30h com espuma de pupunha;

Maní_01_09Maní_01_10

e leve  e colorida Salada Mata Atlântica (agrião, rúcula  selvagem, mache, azedinha, manga, pupunha, aipo e maracujá ao azeite de carvão).

Maní_01_11Maní_01_12

Pratos principais, escolhemos:  o bom Capelinni com Mix de Cogumelos ao perfume de limão siciliano e azeite de trufas brancas e crocante de queijo,

Maní_01_13

o famoso e delicioso Talharim de Pupunha (ao molho parmesão e azeite de trufas brancas)

Maní_01_14

e o correto Risoto de Beterraba (com pupunha, coalhada seca e azeite de trufas brancas).

Maní_01_15

Para finalizar, escolhemos duas sobremesas: a suave “O Ovo” composta de sorvete de gemada, espuma de coco e coquinhos crocantes

Maní_01_17

e a impactante e difícil “Da Lama ao Caos” composta de berinjela defumada, coalhada de leite de cabra, pele de lima da Pérsia, gelatina de flor de laranjeira, pistaches caramelados, crocantes de massa Kinef e sorvete de gergelim preto.

Maní_01_18

Ótima experiência, atendimento perfeito, ambiente agradável, comida saborosa. Lugar para voltar sempre.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *